• Paulo Lídio

Zack Snyder estaria trabalhando sozinho no seu corte de Liga da Justiça


Muitos fãs acreditam que existe uma versão do corte de Zack Snyder para o filme Liga da Justiça. (Imagem: Warner Bros/Reprodução)

Há rumores de que o primeiro diretor de Liga da Justiça, Zack Snyder, está trabalhando em seu próprio filme há algum tempo sem a Warner Bros. Snyder deixou a produção depois que a fotografia principal foi encerrada, mas antes que as refilmagens começassem. Como resultado, a Warner Bros. contratou o diretor Joss Whedon para as refilmagens de Liga da Justiça. Quando Liga da Justiça chegou aos cinemas no ano passado, um dos maiores pontos de discussão foi descobrir quais partes do filme vinham do corte de Snyder e quais eram de Whedon. Embora não esteja claro exatamente quanto do filme foi filmado por cada diretor, uma das críticas comuns à Liga da Justiça foi que não parecia uma visão completa para um dos cineastas.

Desde então, os fãs do diretor original de Liga da Justiça têm chamado a Warner Bros com a hashtag #ReleaseTheSnyderCut (Liberem o corte de Snyder, em português). Baseado em relatos de testes iniciais para o filme da DC, Snyder teve um corte completo de Liga da Justiça em um certo ponto. Esse corte teria sido reeditado para incluir filmagens das refilmagens de Whedon e se tornou o filme lançado nos cinemas. Até agora, porém, não houve confirmação oficial da Warner Bros. de que existe um corte de Snyder do filme, nem qualquer indicação de que o estúdio planeje lançar um em qualquer momento no futuro. Ainda assim, Snyder pode ter trabalhado para completar sua visão de Liga da Justiça sem o estúdio.

Em uma nova reportagem publicada pelo editor-chefe da Revenge of the Fans, Marco-Francisco Robles, ele discute tudo o que já sabemos sobre o corte de Liga da Justiça de Snyder, além de inclui novos rumores. Robles escreve que é possível que Snyder trabalhe em sua própria parte do filme sem a Warner Bros. por algum tempo, aprimorando seu corte e aproximando-o de um filme completo. Além disso, os relatos de Robles de que Snyder está chegando perto de anunciar oficialmente o seu corte existe por meio de um trailer, mas o diretor está discutindo com a Warner Bros sobre isso, e parece que o estúdio pode não querer que o corte seja lançado. Vale lembrar que Zack Snyder precisaria da aprovação da Warner Bros antes de liberar qualquer coisa relacionada a Liga da Justiça

Tal como acontece com todos os rumores, é melhor tomar este último boato sobre o corte da Liga da Justiça Snyder como apenas especulação. É possível que Snyder não tenha trabalhado em seu próprio corte do filme, e há muito tempo lavou as mãos do projeto. No entanto, há muita coisa que pode apoiar esses rumores. Snyder está ativo no aplicativo de mídia social Vero, onde ele responde regularmente perguntas dos fãs sobre seus filmes da DC Comics (Homem de Aço, Batman vs Superman e Liga da Justiça), o que pode indicar que ele ainda está pensando em sua visão para esses personagens, apesar de não estar ativamente envolvido oficialmente em qualquer projeto atual. Além disso, o diretor muitas vezes publica fotos dos bastidores do projeto, ou imagens de cenas que conhecemos mas que não apareceram no corte final de Liga da Justiça.

É claro que o entusiasmo de Snyder pelo universo que ele saiu há mais de um ano poderia ser atribuído ao seu amor pelos personagens dos quadrinhos. Agora que ele não está tão envolvido na franquia de filmes DC da Warner Bros, talvez ele esteja interagindo mais como um fã do que qualquer outra coisa. Considerando o entusiasmo dos fãs do cinema e o contínuo incentivo da Warner Bros. para lançar um corte de Snyder, fica claro que os filmes do diretor inspiram muita paixão, tanto para os espectadores quanto para si mesmo. Mas se a paixão de Snyder se traduzirá no fato de o diretor ter liberado seu próprio corte na Liga da Justiça , depois de ter trabalhado em seu próprio tempo, ainda precisa ser visto. E se a Warner Bros. permitirá um corte de Liga da Justiça feito por Snyder é outra questão inteiramente diferente.

 POSTS RECENTES