• Paulo Lídio

Val Kilmer revela porque desistiu de ser o Batman


“Não é sobre Batman. Não há Batman", disse Val Kilmer (Foto: Warner Bros. Pictures / Reprodução)

“Não é sobre Batman. Não há Batman", disse Val Kilmer (Foto: Warner Bros. Pictures / Reprodução) Tem sido amplamente divulgado o quanto Val Kilmer não gostou de fazer 'Batman Eternamente' e quanto ele achava miserável o trabalho de Joel Schumacher. O diretor chamou anteriormente Kilmer de "o ser humano mais psicologicamente problemático com quem já trabalhei", e depois o elogiou como "o melhor Batman".

Embora tenha havido vários relatos ao longo dos anos sobre por que Kilmer não repetiu o seu papel em 'Batman & Robin', Schumacher não o queria de volta, e em uma nova entrevista, o ator lembrou um incidente no filme que estabeleceu e deixou cristalizado para ele porque ele precisava deixar o papel. Durante uma conversa com o The New York Times, Kilmer, que odiava usar o desconfortável traje do Batman, contou como ele aprendeu com o magnata dos negócios Warren Buffett e seus netos que estavam visitando o set naquele dia, onde ele precisou continuar usando a roupa mesmo depois de terminar as filmagens.

Mas quando os Buffet chegaram, não queriam se encontrar com Kilmer; eles só queriam brincar com o Batmóvel e experimentar a máscara. Kilmer entendeu naquele momento que "o Batman não é para ser um cara de verdade. Batman é para ser tão anônimo que a pessoa que está olhando para ele pode se ver nele". A idéia de que alguém poderia ser o Batman, de que o personagem era sobre ser inespecífico, o que afastou Kilmer do papel. "É por isso que é tão fácil ter cinco ou seis Batmans", disse Kilmer ao Times. “Não é sobre Batman. Não há Batman", finalizou.

E você, gostava de Val Kilmer na pele do playboy bilionário Bruce Wayne? Deixe sua opinião abaixo!

 POSTS RECENTES