• Alexandre Agassi

Novo filme de Dracula será mais fiel a obra original, segundo diretor


Presente na cultura pop, Dracula já recebeu inúmeras adaptações para o cinema e inspira histórias de vampiros até hoje. Do eterno Bela Lugosi em 1931, passando por Christopher Lee em 1958 e por Gary Oldman em 1992 e mais recentemente por Luke Evans em 2014, o personagem agora contará com um novo reboot e muito mais fiel ao livro original, de Bram Stoker, publicado em 1897.

Após a realização da Blumhouse, O Homem Invisível (2020), que recebeu diversas críticas positivas, agora Dracula conta com a diretora Karyn Kusama para realizar o longa. Kusama é mais conhecida por ter feito Garota Infernal (2009), com Megan Fox, e O Peso do Passado (2018), com Nicole Kidman.

Kusama afirmou ao podcast Kingcast que esta adaptação será mais fiel à obra original que todos os outros longas. "Eu acho que algo que é esquecido nas adaptações de Dracula no passado é a ideia de múltiplas vozes", disse. "De fato, o livro está cheio de diferentes pontos de vista. E o único ponto de vista ao qual não temos acesso, e a maioria das adaptações, é o próprio Dracula. Então, eu diria que, de algum modo, essa adaptação será chamada Dracula, mas talvez não seja o mesmo tipo de herói romântico que vimos no passado... nas interpretações passadas de Dracula".

E você está ansioso para o próximo filme do terrível vampiro que assombra a Transilvânia?

 POSTS RECENTES