• Bruno Bragante; Paulo Lídio

Evento | The Big Bang Theory - O Fim de Uma Era

O evento da season finale de The Big Bang Theory reuniu uma legião de fãs em São Paulo. (Foto: Bruno Bragante / Be Geeks)

Em uma era onde o consumo de filmes e séries cresce em um ritmo acelerado, é difícil ver uma produção durar tanto tempo no ar e conquistar uma legião de fãs. Todavia, quando o material é bom e abraçado pelo público, o resultado é a construção de um legado sólido e duradouro. Após mais de uma década, os fãs finalmente deram adeus a "The Big Bang Theory", mas não de uma forma melancólica e sim honrando tudo que foi construído pelos atores e produtores nas doze temporadas, tornando-se uma das séries de maior audiência da história da TV americana.

Com uma premissa simples, carismática e voltada para todos os públicos, "The Big Bang Theory" cativou sua audiência abrangendo os mais variados perfis de telespectadores: geeks, nerds, mulheres, homens, famílias, crianças, estudantes, etc. Parece algo simplório de se dizer, mas em um mundo tão globalizado e com as pessoas finalmente se preocupando cada vez mais em respeitar as diferenças ao invés de julgá-las, o seriado soube abraçar essas causas não somente através dos episódios, mas também através de seu elenco e suas atitudes: Jim Parsons (Sheldon Cooper) é homossexual, o elenco ficou de greve para que os salários de todos fossem equiparados, o núcleo feminino da série foi aumentando com o decorrer dos anos, dentre outros fatores. Literalmente, podemos dizer que "The Big Bang Theory" foi e é uma série para todos.

As tradicionais camisetas geeks usadas por Sheldon, Raj, Howard e Leonard, em The Big Bang Theory, foram trazidas para o evento. (Foto: Bruno Bragante / Be Geeks)

Isto posto, a Be Geeks esteve presente no The Big Bang Theory [Forever], evento que a Warner trouxe ao Brasil para a exibição, em primeira mão, do season finale da série.

Não se limitando somente a exibição do episódio, o estúdio se preocupou com a imersão dos fãs no evento, realizando um verdadeiro tributo aos que acompanharam os últimos doze anos do show. Jogos, ativações, cenários oficiais, comidas típicas da série, brindes... Teve de tudo e mais um pouco em um espaço de mais de 6 mil m², trazendo diversão e nostalgia aos que amam e finalmente disseram tchau aos seus ídolos.

Para falar do evento, nada melhor do que conversar com os fãs que estiveram presentes no local. Para a analista de vídeo Beatriz Fenga, de 25 anos, e fã de carteirinha da turma de "The Big Bang Theory”, a série nos aproxima de personagens que são parecidos conosco. “Não são muitas séries que abordam a vida e o dia-a-dia de personagens geeks/nerds. Assistir ‘TBBT’ é legal porque de alguma forma nos identificamos com eles, quando, por exemplo, citam filmes e séries que assistimos”, destaca. Aliás, a diversidade da série é outro ponto exemplar na visão de Beatriz, mostrando que as pessoas mais diferentes podem conviver em harmonia. “Um ponto alto da série é poder ver a convivência entre pessoas tão diferentes. Por exemplo, a Penny se casou com um nerd e nem por isso mudou sua personalidade. Ela algumas vezes tenta se interessar pelos assuntos deles, mas vemos claramente que ela não entende de quase nada desse universo e aí que a situação fica engraçada e mais realista também. Ela não precisa ser nerd para estar junto com eles”, elogia.

O local recebeu food trucks com comidas preferidas dos personagens da série. (Foto: Bruno Bragante / Be Geeks)

Também um grande fã do seriado, o consultor de engenharia de alimentos Ian Camilo, de 25 anos, faz questão de exaltar o término do show. De acordo com ele, os produtores souberam o momento certo de terminar a série e honrar o legado. “Acho que a série acabou no momento certo, o arco dos personagens já estava completo. E o spin-off [Young Sheldon] contribuiu bastante, porque o Sheldon sempre justifica algo do passado, que é mostrado agora nessa nova série”, destacou Ian. Além disso, acredita que o elenco do seriado possui muito potencial para brilhar em Hollywood, mas primeiro precisa se desvincular um pouco dos anos em The Big Bang Theory. “Espaço para esses atores existe, mas assim como os personagens de Friends, eles precisam deixar a série esfriar, pois ficaram muito marcados. Talvez mudar o visual”, sugeriu o fã.

A paixão dos fãs por The Big Bang Theory é algo reconhecido pela Warner. Nas palavras de Mariana Ottaiano, gerente de marketing da Warner Channel Brasil, a meta é sempre deixar este fã o mais próximo possível do conteúdo que ele consome, levando o público muito mais além do que é visto na TV. “A Warner vem com um posicionamento cada vez mais forte de se aproximar do fã. Por conta disso, oferecemos experiências que façam com que consigamos trazer os nossos conteúdos e a marca Warner Channel de maneira mais tangível e mais próxima dos nossos fãs. Acreditamos que nossas marcas e conteúdos vão muito além da TV, e que precisamos levar para o fã uma experiência cada vez mais real, para que vivenciem aquele universo”, explicou Mariana.

BAZINGA! A famosa piscina de bolinhas onde Sheldon Cooper fiou seu bordão para o público foi uma das ativações disponíveis para o público. (Foto: Bruno Bragante / Be Geeks)

Entretanto, se você pensa que acabou por aí, está muito enganado. A gerente de marketing garante que este e outros eventos foram apenas o pontapé inicial, e muita coisa ainda esta por vir para os fãs brasileiros. “Tivemos a Casa Warner em 2018, estamos com a CCXP no Brasil desde o início e trabalhamos com outras divisões da Warner, como Warner Pictures, Warner Home and Video, Warner Games, etc. Esse ano estamos com esse evento de The Big Bang Theory, tivemos um evento para o final de temporada de Riverdale e também temos alguns encontros com fãs no escritório da Warner pra gente entender melhor o que eles pensam, o que eles gostam, o que podemos melhorar no nosso trabalho”, destaca Mariana, que ainda completa com as próximas atrações que a marca pretende divulgar em breve.

“Esse ano teremos a Casa Warner de novo. Todo mundo surfa na onda do conteúdo. Marcas de bens de consumo, por exemplo, têm criado seus próprios conteúdos e experiências. E nós, como marca de conteúdo, temos a obrigação de fazer esse tipo de ação e ativação, faz parte do nosso trabalho. Preenchemos vários targets diferentes. O evento de The Big Bang Theory é um evento focado no ‘hard fan’ da série. A Casa Warner é um evento mais amplo, um momento de alcançar mais pessoas e fazer com que outros públicos se apaixonem pelo nosso conteúdo e pela nossa marca”, finalizou Ottaiano, deixando no ar o gostinho de quero mais para os fãs de conteúdos da Warner.

Eu não sei vocês, mas eu não acharia nada ruim ir em um evento como este com outros nomes de peso da Warner Bros. como Batman, Friends, dentre outros (sonhar é de graça, né).

Não deixe de acessar nossos destaques no Instagram para conferir mais detalhes desse evento!

*Colaborou para a matéria Bruno Bragante*

 POSTS RECENTES 

© 2021. Be Geeks. Todos os direitos reservados
 

E-mail: contato@begeeks.com.br

 

São Paulo - SP
 

  • Twitter
  • Instagram
  • Facebook