• Alexandre Agassi

Diretor de Os Últimos Jedi defende trilogia prequel de Star Wars


Mesmo após 21 anos desde o lançamento de Episódio I - A Ameaça Fantasma, a trilogia prequel de Star Wars ainda divide os fãs da saga, seja pelo enredo, pela atuação de Hayden Christensen como Anakin Skywalker, pelo Jar Jar Binks ou então pelo excesso de computação gráfica e as coreografias de luta que tornaram tudo bem diferente de como Star Wars foi originalmente concebido em 1977.

Porém, o diretor de Episódio VIII - Os Últimos Jedi, Rian Johnson, saiu em defesa da trilogia de George Lucas do início dos Anos 2000. Confira o que ele publicou em sua conta pessoal do Twitter:

"Lucas fez um lindo filme de 7 horas para crianças sobre como o direito e o medo da perda transformam pessoas boas em fascistas, e o fez enquanto liderava quase todas as mudanças técnicas no cinema moderno dos últimos 30 anos", afirma.

A trilogia prequel, por outro lado, discute temas como a fragilidade da democracia, como sociedade se comporta diante do direito de eleger e sobre a história trágica de um grande herói da República para um vilão inescrupuloso levado pelo medo da perda de tudo o que amava. E por isso que a trilogia ainda segue tão atual e ainda encanta muitos fãs de Star Wars.

Johnson também é duramente criticado pela base de fãs de Star Wars por ter realizado Os Últimos Jedi ao ter entregue uma narrativa não convecional que subverteu nosso herói Luke Skywalker (Mark Hammil) e estabeleceu um rumo para a franquia que mudaria Star Wars para sempre e fez com que vários fãs da saga se afastassem.

 POSTS RECENTES 

© 2021. Be Geeks. Todos os direitos reservados
 

E-mail: contato@begeeks.com.br

 

São Paulo - SP
 

  • Twitter
  • Instagram
  • Facebook