• Lucas Venancio

Call of Duty: Modern Warfare é deslumbrante com um ótimo recomeço para a franquia

Um dos jogos mais bem sucedidos da indústria dos games é sem dúvidas o game de tiro em primeira pessoa Call of Duty. A franquia virou anual após o sucesso de crítica e público sobre Call of Duty 4: Modern Warfare (2007), na qual houve mudança de temática de Segunda Guerra para a guerra moderna e contando com um multijogador que marcou o ponto de ínicio do sucesso.

Call of Duty: Modern Warfare é décimo sexto título da série. (Foto: divulgação Activision

Em Call of Duty: Modern Warfare (2019), somos introduzidos novamente as batalhas modernas e o nome que faz referência ao COD 4 não é atoa, o game recebeu um reboot da trilogia Modern Warfare. No jogo vemos a volta de personagens icônicos como o nosso guia "o famoso" Capitão Price

Capitão Price está de volta. (Foto: divulgação Activision

Já de cara notamos como a introdução de uma nova engine fez bem a franquia no final dessa geração. Com sistema de movimentação aprimorado, som realistas, sombras, física balística e texturas nos faz se sentir dentro de um simulador de guerra, algo que não acontecia nos games da Activision que eram considerados mais "Arcade". 

O retorno do modo campanha que tem duração de 6 horas é majestoso, a narrativa de MW conta a luta dos soldados comandados por Price contra terroristas russos que estão portando armas químicas. O roteiro nos entrega uma proposta que não havia sido explorados na franquia, o fato de introduzir personagens que fazem parte da guerra desde a infância em seu cotidiano. Contudo, esse é o caso de Farah, uma mulher que nasceu no Urziquistão na qual observou a morte de seus pais ao lado de seu irmão Hadir e torturada pelos russos comandados pelo nosso antagonista, Barkov

Farah e Hadir foram vítimas de crime de guerra por causa do gás quimico na infancia. (Foto: divulgação Activision

As localizações de Modern Warfare são marcantes se passando em países como Inglaterra, Rússia e o Oriente Médio. Suas missões foram realizadas minuciosamente para o jogador ter a sensação de continuidade e imersão. Assim, realizando a história com tomadas de decisões e atividades sem repetição algo que era massante nas campanhas de Call of Duty

Junto com o reboot não poderia faltar os famosos óculos de visão noturna que viraram símbolo da saga. No game temos certas fases na qual temos que utilizá-los, porém de uma maneira realista. As armas não podem entrar em ADS (mira) igual a vida real devido a presença dos óculos. As missões no escuro são as melhores de todo o jogo, o jogador tem q se manter em "stealth" e executar os terroristas ao melhor modo Splinter Cell.

Uso de óculos noturno é uma experiência agradável. (Foto: divulgação Activision

As cut-scenes são como um filme, porém a um defeito pois acontecem quedas na performance do vídeo em todas as plataformas que acaba frustando o jogador mais exigente. E a não necessidade de usufruir do Ray Tracing, que é o mais novo sistema da indústria dos games presentes nas placas da Nvidia, fazendo que os jogos se tornem mais realistas como: sombras e iluminação. Em Call of Duty: Modern Warfare, vemos uma melhora apenas na qualidade de sombra que não era que os jogadores gostariam de receber da empresa. 

Nossos protagonistas, Alex e Garrick que controlamos são carismáticos e marcantes, suas transições para entrar em ação é fluido e orgânico. Entretanto, para pessoas que são sensíveis com a violência extrema terão dificuldades para encarar o novo COD. Porque, Modern Warfare trás realidades de guerra com cenas fortes e brutais como: assassinado em massa, morte de crianças, crimes de guerra e torturas.

Nossos protagonistas: Alex, Price, Garrick e Farah. (Foto: divulgação Activision

Todavia, a campanha de Call of Duty: Modern Warfare é uma das melhores da franquia até aqui e pode ser considerada um prólogo dessa nova repaginada da história clássica e o início de expansão nos games desenvolvidos pela Infinity Ward. Além do modo campanha, Call of Duty conta com: Multijogador e o modo de operações especiais cooperativo.

Nota da campanha: 4/5

Modern Warfare já está disponível para Playstation 4, Xbox One e PC. O game conta com o sistema de cross-play entre plataformas, seguindo a tendência do mercado. 

 POSTS RECENTES 

© 2021. Be Geeks. Todos os direitos reservados
 

E-mail: contato@begeeks.com.br

 

São Paulo - SP
 

  • Twitter
  • Instagram
  • Facebook